Baphomet

BaphometBaphomet, Bafomete ou ainda Bafomé (Baphometh, baffometi, Bafomé) é um termo originalmente usado para descrever uma divindade supostamente adorada pelos Templários e, posteriormente, incorporado a tradições místicas ocultas

Baphomet por Eliphas Levi

A figura atual de Baphomet foi criada pelo famoso ocultista Eliphas Levi. Como apresentada ao lado. Levi lista as mais frequentes representações do Baphomet: Na classificação e explicação das gravuras de seu livro Dogma e Ritual da Alta Magia, Eliphas Levi classifica a imagem de Baphomet como a figura panteística e mágica do absoluto.

  • O facho representa a inteligência equilibrante do ternário.
  • A cabeça de bode, reunindo caracteres de cão, touro e burro, representa a responsabilidade apenas da matéria e a expiação corporal dos pecados.
  • As mãos humanas mostram a santidade do trabalho e fazem o sinal da iniciação esotérica a indicar o antigo aforismo de Hermes Trismegisto (em uma posição muito semelhante a representações de Shiva na Índia): “o que está em cima é igual ao que está embaixo”. O sinal com as mãos também vem a recomendar aos iniciados nas artes ocultas os mistérios. Pode também ser interpretado em seu aspecto metafísico, onde pode representar o espírito divino que “ligou o Céu e a Terra”, tema recorrente na literatura esotérica.
  • Os crescentes lunares presentes na figura indicam as relações entre o bem e o mal, da misericórdia e da justiça.
  • Possuindo seios, o bode representa o papel de trazer à Humanidade os sinais da maternidade e do trabalho, os quais são signos redentores.
  • O pênis é metaforicamente representado por um Caduceu. No budismo tantrico este é o símbolo de ascensão da energia da deusa Kundalini. Em forma de serpente ela está enrolada e oculta na base da coluna de todo ser humano. Ao atingir a plenitude desta força, o ser alcança o êxtase da iluminação (o nirvana). Este tipo de simbologia aparece com frequência na alquimia (o coito do rei e da rainha), com a qual o ocultismo tem relação.
  • Na frente e embaixo do facho encontra-se o signo do microcosmo a representar simbolicamente a inteligência humana.
  • Colocado abaixo do facho o símbolo faz da chama dele uma imagem da revelação divina. * Baphomet deve estar assentado ou em um cubo e tendo como estrado uma bola apenas ou uma bola e um escabelo triangular.
  • A figura pode ser colorida no ventre (verde), no semicírculo (azul) e nas penas (diversas cores).